Geral Com

Com a liderança de Clayton Noleto, PCdoB realiza série de Conferências Municipais

Com a liderança de Clayton Noleto, PCdoB realiza série de Conferências Municipais

06/09/2021 16h35
Por: Carlos Leen
Com a liderança de Clayton Noleto, PCdoB realiza série de Conferências Municipais

O PCdoB no Maranhão tem realizado suas conferencias municipais nas cidades da Região Tocantina.

Desde do dia 03, sexta-feira, Imperatriz, Gov. Edson Lobão, Montes Altos e São Francisco do Brejão tiveram suas plenárias realizadas com êxito de participação popular e politica. Nesta segunda (06) serão realizadas em Buritirana e Amarante, e, nesta terça (07), em Açailândia, finalizando esta etapa inicial de Conferências Municipais.

“São bons momentos para se pensar o Maranhão e suas as cidades como pontes para a construção da democracia e de um projeto amplo, onde possamos unir o Brasil e sair deste impasse autoritário e que está levando nosso povo à miséria.” Afirmou o Presidente do PCdoB de Imperatriz Clayton Noleto.

Liderança

O atual secretário de infraestrutura do Estado, Clayton Noleto é uma das maiores lideranças do partido em todo o Maranhão e líder maior – estando na linha de frente – quando se fala em Região Tocantina.

Sua atuação lúcida e competente nesta pandemia, a frente do Comitê de Combate ao Covid-19, lhe credenciaram em diversas frentes de lutas, dos direitos previdenciários, sociais, trabalhistas, das juventudes.

Clayton Noleto no auge da pandemia, com o apoio do governador Flavio Dino, montou estrutura adequada em tempo recorde, cercou-se de profissionalismo, foi pro front usar sua voz e sua condição para orientar a população, jogou duro com o bolsonarismo obscurantista que tentou desmoralizar a quarentena. Tudo isso num terreno “pantanoso” e de “escuridão”, pois o novo coronavírus era e ainda é um inimigo desconhecido e as medidas de combate exigiram ousadia para adquirir equipamentos indispensáveis à montagem da estrutura médico-hospitalar.

Conjuntura Política

O partido mais antigo da esquerda brasileira – vai fazer 100 anos em 2022, o PCdoB esteve presente em todas as grandes mudanças no Brasil. O partido sempre enxergando longe, tinha se posicionado em participar do Colégio Eleitoral para fazer a transição do regime ditatorial, e em 1986 já estava na oposição a Sarney e na luta pela Constituinte.

“Vivi parte disso na infância quando acompanhava meu pai, à época quadro do sindicato dos urbanitários. No comecinho da minha militância organizada, sempre tive o apoio dos camaradas do PCdoB nós momentos mais duros de construção do movimento estudantil. Hoje, quase 4 décadas depois, o meu testemunho é que o PCdoB sempre esteve do lado certo. Cometeu erros táticos aqui ou ali, mas é o partido que melhor reflete a consciência histórica da classe que vive do trabalho e que precisa que o processo civilizatório prossiga.” Afirmou o membro da direção municipal do partido, Professor Carlos Leen Santiago.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.