Geral URE

URE IMPERATRIZ participa de premiação para estudantes dos Centros Educa Mais Nascimento de Moraes e Tancredo Neves

URE IMPERATRIZ participa de premiação para estudantes dos Centros Educa Mais Nascimento de Moraes e Tancredo Neves

15/09/2021 11h58
Por: Carlos Leen
URE IMPERATRIZ participa de premiação para estudantes dos Centros Educa Mais Nascimento de Moraes e Tancredo Neves

Uma das grandes conquistas para a Educação no Maranhão foi a implementação dos Centro Educa Mais, ou escolas de tempo integral. Em Imperatriz temos dois Centros Educa Mais: C. E. M Tancredo Neves e C. E. M. Nascimento de Morais.

Alunos destes Centros foram premiados nas Olimpíadas do Conhecimento e homenageados pelo governador Flávio Dino com reconhecimento. A cerimônia ocorreu no Teatro João do Vale, Centro Histórico, na segunda-feira (13), com a presença de 74 estudantes de outros Centros Educa Mais. Todos medalhistas de competições.

A Unidade Regional de Educação de Imperatriz, equipe coordenada pela Profa. Dra. Orleane Santana, esteve junto com estudantes para receber a premiação para os destaques.

Momento de grande felicidade

Os alunos que se destacaram nas competições receberam das mãos do governador um voucher valendo um Kindle, leitor de livros digitais. Uma forma de estímulo e de reconhecimento dos alunos e suas conquistas.

“Há nisso, uma oportunidade de fazer uma revolução positiva na educação do Maranhão.” Ponderou a gestora regional Profa. Orleane Santana.

O secretário de Estado da Educação (Seduc), Felipe Camarão, destacou a conquista dos alunos. “Hoje é um reconhecimento especial para estes alunos da rede integral do Maranhão, que foram premiados em diversas olimpíadas e diversas modalidades. E pensar que, antes do governador Flávio Dino, o Maranhão não tinha escola em tempo integral e hoje chegamos a quase 80 escolas. Essa premiação é uma forma de reconhecimento, homenagem e de estímulo. Essa é nossa intenção, que estes estudantes se sintam cada vez mais valorizados e reconhecidos e possam espalhar esse estímulo para todos os alunos da rede estadual e demais escolas”, frisou.

Contexto

Programas como esses são a matéria prima do processo civilizatório da humanidade, assim como o são outras experiências em educação em tempo integral do Brasil e do mundo.

Neste momento, de obscurantismo, de retrocessos culturais brutais, nossa educação está a dar um passo à frente.

“Se não for nossos jovens que conectam nosso presente com o futuro num fio histórico revolucionário, quem será? Quem mais o fará?” Concluiu Profa. Dra. Orleane Santana.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.